Follow by Email

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Revisão da aula de sociologia: Conceito de positivismo e a relação com o capitalismo

Um dos conceitos possíveis para a Sociologia:

É a ciência social que estuda as relações sociais, dando ênfase às interações das pessoas na vida em sociedade. Por isso preocupa-se com os jogos de poder, com os grupos sociais, as divisões sociais e a mobilidade/transformação social. Tanto a cooperação como os conflitos são preocupações da sociologia. O termo foi criado por Augusto Conte. Ele tinha a intenção de unificar várias áreas do conhecimento como a psicologia, a economia...








Sociologia e o capitalismo

O mundo moderno teve como fundamento o surgimento do capitalismo e da tecnologia. Com isso os centros urbanos inflaram alimentados pela industrialização, com isso agudizando os problemas urbanos.  O estado laico, industrializado (ou industrializando-se) e o iluminismo como inspiração intelectual, fomentaram também o individualismo.  A partir do século XVIII,com a consolidação do capitalismo, surgiu uma nova forma de viver em sociedade. Costumes e crenças tornaram-se antigos. A violência cresceu nos centros urbanos e surge o proletariado com a necessidade de emprego e de estudo. Por outro lado, a burguesia se transforma e se fortalece: de mercantil passa a industrial. As relações sociais são agora relações assalariadas, hierárquicas e marcadas pela propriedade (ou ausência dela). Como compreender essa mudança tão radical do feudalismo para a época industrial? A sociologia, uma nova ciência, surge. Ela ajuda a compreender o que a sociedade passava. Não só compreender, mas harmonizar as pessoas nesse contexto surpreendente, cheio de novidades e de terríveis conflitos sociais. Esclarecendo essa sociedade tentava a sociologia, através de explicações científicas, instrumentalizar intelectualmente as pessoas para solucionarem tais conflitos. Ela era uma ciência para lidar com o mundo moderno. Hoje a sociologia avançou como ciência e ampliou sua área de atuação.


Características do positivismo:           

- Abandono da busca pela explicação dos fenômenos transcendentes, como o problema da criação do homem;
- Subordinação da imaginação à observação;
- Valorização do ser humano, da paz e da concórdia universal;
- Opõe-se ao racionalismo e ao idealismo;
- não busca as causas dos fenômenos naturais e sim suas leis;
- limita-se o mais possível à experiência imediata;
- Há uma limitação filosófica;

 Tem como critérios de verdade: a experiência, os fatos positivos, os dados sensíveis. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário