Follow by Email

terça-feira, 30 de julho de 2013

Rimas de um poeta...


Riquezas – me nega o mundo...
Poesia – meu mau profundo...
Desastrado – nada dá certo!
Longe - o ouro. Perto - o verso!
Grotesco – o planeta...
Alado – o cometa...
Cometa – desejo ser!
Planeta – preso nele a viver!
Poeta – talvez seja minha maldição...
Minha cruz – a inspiração!
Absolvição? – Não tem remédio...
Eterna voz – não calarei em chão funéreo!
A vida – insiste em me fazer viver!
Verso –  ah! É grande teu poder...
Pois meu peito – é terno e pequeno altar!
Minha alma – incenso a poesia vem deitar!
Sofro muito – a dor é fogo a arder...
Moça – Tu és a poesia que me faz viver!


Nenhum comentário:

Postar um comentário