Follow by Email

sábado, 5 de janeiro de 2013

Igrejas


 Como no céu noturno estrelado
cada igreja tem um chamado
a fazer sua parte de luz...
A todas Ele inflama e conduz
como quem acende na noite  velas...
Não importa se são feias ou muito belas
nem seu lugar, nem quem nelas quer o bem...
Elas são janelas para o céu: não pertencem a ninguém!
Toda a terra é grande igreja que no céu flutua...
A igreja vestida de ouro ou a igrejinha tão nua,
ambas são apenas tijolos, estruturas pesadas!
Os homens dentro delas é que são almas aladas
que valem somente o quanto fazem o bem...
Quando nas igrejas as pessoas a Ele dizem amém
sem se importarem com religiões e nomenclaturas,
estas igrejas – com certeza - Ele abençoará das alturas!

2 comentários:

  1. A partir do momento que descobrimos que igreja somos nós, que somos templos vivos, nessa hora tudo muda e podemos nos sentir mais felizes. Pensaremos que a igreja poderá estar em qualquer lugar do mundo onde nós estamos.

    Lindo poema, Amilcar!

    Abraços!

    Sonia Salim

    ResponderExcluir
  2. Sonia tão querida, concordo contigo! Abraços

    ResponderExcluir