Follow by Email

sábado, 15 de setembro de 2012

InSonia...

Amilcar Bernardi
 

Minha inSonia é diferente e bendita...

Não durmo para avançar na escrita...

 

InSonia: sonho que estou acordado.

Durmo outros sonhos em dia ensolarado.

 

InSonia que deixa meu corpo dormir!

Minha alma acordada quer dele fugir...

 

InSonia: adormece meu corpo, acorda meu escrito.

InSonia: dormir acordado, sentimento bendito!

 

Vem inSonia, dorme comigo!

Vem inSonia, me põe ao teu abrigo!
 


 
 
(imagem da internet)

2 comentários:

  1. É um poema lindíssimo e dispensa muitas palavras e comentários...

    Admirar é preciso...

    Sonia Salim

    ResponderExcluir
  2. Sonia: admirar é preciso, concordo! Quem perdeu a capacidade de admirar é um zumbi, não é mais uma pessoa.
    Obrigado pelas tuas palavras.

    ResponderExcluir