Follow by Email

terça-feira, 1 de maio de 2012

Indizível bem dito...




Indizível tão bem dito!
Inaudível; audível ao aflito...

Radical suavidade, incrível fortaleza!
Encontrável onde há boa fé e leveza...

Ele vem mesmo se não O chamamos!
Ele ama mesmo se não O amamos...

Bendito em todos os lugares
não precisa de ouro ou altares...

Ele é o infinito que tornou-se finito
Ele é o indizível por séculos bem dito!

Inalcançável para quem no burburinho O procura
Próximo e irmão da alma muito simples e pura!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário