Follow by Email

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Vento norte

 No dia de vento norte
Sou como um barco à velas:
Leva-me o vento forte...

O vento na rua corre.
É como sangue nas veias,
Por tudo forte escorre....

Vento rio, vento correnteza!
Leva tudo, levanta tudo...
Sou uma pandorga, com certeza!

Vento norte todo ano!
Faz ondas, faz naufrágios...
Sou veleiro veloz  no oceano!

Se sou veleiro, se sou embarcação forte,
Se eu navego de velas sempre abertas
É porque tu és meu vento norte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário